CARRINHO: 0 ITENS, 0.00€
€0.000 itens

A Dominadora
A história real de uma dominadora portuguesa

Novo Preço
Ano da Edição / Impressão / 2013
Número Páginas / 184
ISBN / 9789892324456
Editora / LUA DE PAPEL
Ganha 7.5 Letras
14.90
Antes €0
Poupa €0 (0%)
Disponibilidade/ Imediata
Prazo de entrega/ 2 a 3 dias úteis
Iva à taxa a vigor
ebook disponivel €9.99


A Dominadora


A história real de uma dominadora portuguesa.

Ana tinha doze anos quando os pais a arrastaram para uma exposição em Coimbra. Queria ir para a praia, com os amigos, mas em vez disso descobriu-se no Palácio da Inquisição.
A exposição, sobre instrumentos de tortura, mudou-lhe a vida para sempre. Enquanto desfilava entre cadeiras de pregos medievais, cordas, correntes e ganchos retorcidos, uma estranha excitação começou a apoderar-se dela: sentia-se em casa. Foi um momento de revelação. Tudo começava a fazer sentido para aquela adolescente que desde cedo tinha embarcado num mundo de fantasia ao contrário.
Nas suas brincadeiras não havia príncipes nem princesas - os Ken eram tratados como escravos por Barbies implacáveis, que os amarravam e chicoteavam sem piedade. Ana cresceu a esconder esse segredo - e a enfrentar as humilhações dos colegas da escola, que não lhe perdoavam o excesso de peso. Mas no seu mundo privado, no reino do sado- masoquismo, começava ela a ditar as regras.
Teve o primeiro encontro, o primeiro submisso, a primeira sessão de dominação. Aos poucos mergulhou nesse mundo paralelo, feito de encontros com sabor ilícito, candidatos a submissos, festas de BDSM.
Ana, a discreta engenheira, emagrecera, perdera os medos, tinha agora outra vida e outro nome: era a Cruela, uma dominadora respeitada, poderosa.


Ana C. Cruela, de 30 anos, é natural de Coimbra, cidade onde vive e onde se desenvolveu toda a sua carreira académica e profissional. Formada em Engenharia Civil, no Instituto Superior de Engenharia de Coimbra, onde também foi mestranda, tem trabalhado nessa área desde 2002. De interesses multifacetados, que vão da prática de artes marciais à natação, descobriu ainda muito nova uma apetência pela BDSM, circuito onde conquistou uma sólida reputação sob o nickname de Cruela.

Não existem comentários.
Faça o seu comentário ao livro "A Dominadora", de
COMENTAR